Sábado, 26 de Setembro de 2020

Notícias

Sexta-Feira, 28 de Agosto de 2020 06:49

Conab levanta dados da safra no estado e estima aumento de 8% na produção

Técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estão trabalhando em um levantamento para atualizar a pesquisa da safra de grãos em Mato Grosso. A equipe vai encerrar os trabalhos nesta sexta (28) e deve ratificar a produção recorde de milho 2ª safra no estado, estimada em 34 milhões de toneladas do cereal.

Hoje, o estado é o maior produtor de milho do país, sendo responsável por 45% do total produzido. Em função do afastamento social imposto pela Covid-19, todo o trabalho de levantamento das informações é realizado remotamente, com apoio da rede de informantes.

Estão sendo analisados informações sobre as safras de milho, soja, feijão, algodão, girassol, gergelim, mamona e arroz, com foco na colheita e comercialização. O resultado deste trabalho será divulgado em 10 de setembro, no anúncio do 12º Levantamento da Safra de Grãos e Fibras.

A apuração dos dados envolve contato com analistas, escritórios de assessoria técnica, produtores e revendas de insumos em 77 municípios com maior produção agrícola no estado.

O objetivo é a coleta de informações sobre as questões fitotécnicas e de mercado que influenciam a produção, tais como área plantada, perspectivas de produtividade, influência climática, ataque de pragas e doenças, colheita, comercialização e demais dados relativos às culturas pesquisadas.

Aumento de 8% na produção 

Estimulados pela boa rentabilidade do milho e da soja na última safra, os produtores brasileiros vão aumentar a área dessas culturas no período de 2020/21. Segundo dados da Conab, o país deve colher 278,7 milhões de toneladas de grãos.

É um aumento de 8% e o cálculo ainda considera as previsões climática e imagens de satélites. Esse volume representa a produção de 15 grãos, sendo que milho, soja, algodão, arroz e feijão participam com 95% do total.

Os dados divulgados são parte das perspectivas para a agropecuária para safra 2020/21, divulgadas na terça (25) pela Conab.

A safra de soja é prevista em 133,5 milhões de toneladas e a de milho, em 112,9 milhões de toneladas no próximo ano. A projeção de aumento da colheita da soja decorre da expectativa de melhor produtividade, que pode chegar a 3.526 quilos por hectare, e também da ampliação na área, estimada em 3% - atingiria 37,86 milhões de hectares. O avanço do grão ocorre principalmente em áreas de pastos degradados, de renovação de cana-de-açúcar e também há casos de troca de cultura. (Com Assessoria)

Fonte: Olhar Direto

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}