Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Notícias

Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2020 16:50

Conselho da Juventude mobiliza voluntários para luta contra desafios a crianças e adolescentes em Lucas

Autor: Redação

De acordo com Simone Tessaro, presidente do Conselho Municipal da Juventude, vários jovens procuraram pelo Conselho pedindo que fosse tomada alguma atitude para afastar o risco da tal brincadeira chegar às escolas de Lucas do Rio Verde. O risco de um surto coletivo, que estimule a realização do tal desafio, existe.

Foi convocada uma reunião com representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Secretarias Municipais de Segurança, Saúde e Educação. A Associação Luverdense de Imprensa também foi representada no encontro, onde foram discutidas medidas a serem tomadas para combater a brincadeira.

O desafio consiste em duas pessoas chamar uma terceira, que se posiciona no meio. As que estão nas laterais, proponentes do desafio, pulam e ordenam o desafiado a pular também. Quando o desafiado pula, os dois que estão nas laterais chutam seus calcanhares, provocando a queda, quase sempre com a parte de trás da cabeça batendo diretamente no chão.

Em novembro do ano passado, uma adolescente de 16 anos de idade participou desse desafio em uma escola na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Emanuelle Medeiros caiu e bateu de maneira violenta a cabeça no chão. Socorrida pela direção da escola, a menor não resistiu e morreu.

O caso veio a tona esta semana, quando vários vídeos foram postados na Internet, com crianças, adolescentes e até adultos fazendo o tal desafio. Médicos alertam que o impacto na área da nuca pode causar lesões irreversíveis na coordenação motora, como paraplegia e até mesmo a morte.

Da reunião realizada pelo Conselho Municipal da Juventude, saiu a decisão de formular palestras a serem apresentadas a estudantes luverdenses. A ideia é disseminar informações sobre os riscos e as consequências do ato. Estarão mobilizados Bombeiros, Policiais, profissionais ligados à saúde, educação e segurança do município, além de outros parceiros como a ALI.

Outra deliberação importante da reunião foi a necessidade de envolver as famílias dos estudantes, que permaneçam vigilantes quanto às atividades desenvolvidas nas escolas e participem ativamente do desenvolvimento dos adolescentes.

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}