Sábado, 06 de Junho de 2020

Notícias

Terça-Feira, 21 de Abril de 2020 07:03

Por causa de isolamento, empresa de transporte demite mais de 200 funcionários

 A Verde Transportes, do Grupo Verde, demitiu mais de 200 funcionários em decorrência da paralisação de suas operações em Mato Grosso, por causa das medidas de isolamento social como prevenção contra o coronavírus. A empresa afirma que seu processo de recuperação judicial não será prejudicado e garantiu que assim que sua operação for normalizada irá recontratar os funcionários gradativamente.

O coordenador jurídico da empresa, advogado Thiago Affonso Diel, citou o Decreto Estadual n° 419, de 20 de março de 2020 e do Decreto Municipal n°. 7.849, de 20 de março de 2020, que estabeleceu medidas de prevenção contra a proliferação do coronavírus, que acabaram prejudicando a operação da Verde Transportes.

"O Estado proibiu a empresa de operar, paralisou as operações, o município mandou fechar os estabelecimentos comerciais, e alguns outros municípios do Estado proibiram a entrada de ônibus. Alguns Estados como o Pará, por exemplo, proibiram o transporte de passageiros, e a Verte Transportes é uma empresa que tem linhas intermunicipais e interestaduais, e com isso reduziu nossa operação", explicou.

O Grupo Verde já passava por uma recuperação judicial por dívidas de cerca de R$ 43 milhões, mas o advogado afirmou que o motivo das demissões foi exclusivamente por causa da redução das operações, em decorrência da Covid-19. Ele garantiu que os funcionários devem ser contratados novamente.

"A empresa fez estas demissões, mas assim que a operação for retomada vai recontratar estes funcionários. As demissões aconteceram porque a Verde Transportes não sabe quanto tempo vai durar o isolamento social, e não tem como contar com alguma estimativa, já que a cada momento é passada uma previsão diferente, então a empresa teve que agir para evitar problemas maiores", disse.

Além disso, segundo o coordenador jurídico da empresa, a recuperação judicial, que foi aprovada pela Justiça em dezembro de 2019, não deve ser prejudicada por esta crise da Covid-19, pois a Verde Transportes se preparou.

Fonte: Olhar Direto

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}