Sábado, 26 de Setembro de 2020

Notícias

Terça-Feira, 01 de Setembro de 2020 06:37

TRE: Se não participar da eleição, fica difícil reclamar depois

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), desembargador Gilberto Giraldelli, “cobrou” dos eleitores a participação no processo eleitoral deste ano, em que pese o momento de pandemia atravessado no País. Segundo ele, é por meio do voto que as pessoas podem escolher os melhores representantes e, posteriormente, cobrá-los.

“São muitas as reclamações que ouvimos sobre os candidatos eleitos e que depois não dão retorno às promessas. Isso tem sido motivo de reclamação constante pelo eleitorado. Por isso, digo que compareçam maciçamente para dar legitimidade ao eleito e para que depois possam fazer cobranças”, disse.

“Eu, particularmente, penso que é fundamental que tenhamos o máximo de eleitores comparecendo a esse processo eleitoral. Primeiro para dar a necessária legitimidade aos eleitos. Se não participa, fica difícil reclamar. Em tese, aquele que está sendo eleito contou com um pouco de sua participação - ainda que de forma indireta”, emendou.

As declarações foram dadas durante uma coletiva de imprensa virtual, por meio da qual o presidente abordou alguns aspectos que estão sendo trabalhados pela Justiça Eleitoral para o pleito deste ano. Ele admitiu que há uma preocupação com a abstenção, especialmente por conta da crise sanitária em decorrência da Covid-19.

De todo modo, Giraldelli garantiu que todas as medidas de biossegurança estão sendo tomadas pelo TRE de modo a proteger não só eleitores, como aqueles que trabalharão nas eleições. “Estamos vivendo um tempo de pandemia e é fenômeno que não podemos ignorar. Isso pode, sim, afastar [das urnas] notadamente aqueles eleitores que integram os grupos de risco e que possam, por questão de saúde pública, deixar de comparecer”, disse.

“Mas reforço que estamos trabalhando com uma preocupação muito grande sobre a segurança e saúde de todos os envolvidos no processo. Esperamos que as abstenções se deem dentro de números razoáveis, até mesmo próximo de pleitos anteriores, uma vez que precisamos de uma legitimidade aos eleitos e é fundamental a participação do eleitor na escolha do candidato”, concluiu.

Horário ampliado

Ainda durante a coletiva, o presidente lembrou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que o horário das eleições municipais deste ano será ampliado em uma hora. A votação será aberta às 7h e encerrada às 17h (horário local). O pleito está marcado para ocorrer no dia 15 de novembro. Anteriormente, as votações aconteciam entre 8h e 17h.

Fonte: Midia News

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}