Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020

Notícias

Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2020 06:42

Vereadora é condenada a prisão por rachadinha

O juiz substituto José Daniel Toaldo, da 11ª Vara Criminal do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba, condenou a vereadora Kátia Dittrich (Solidariedade), conhecida como Kátia dos Animais de Rua, a cinco anos e seis meses de prisão. Katia foi condenada por exigir que parte dos salários de dois funcionários de seu gabinete, sob a ameaça de demissão, caso não fornecessem o dinheiro.

A denúncia do Ministério Público do Paraná apontou quatro episódios em que a vereadora era acusada de ter tido vantagens indevidas. Duas denúncias foram aceitas. Além da pena de prisão, Katia também perdeu seu mandato por crime de corrupção. Segundo a decisão, a vereadora “agiu com culpabilidade acima do normal, tendo em vista se tratar de vereadora eleita para exercer a sua função pública pautada no interesse público e no respeito às leis".

O marido da vereadora, Marcos Pinheiro Withers, também foi condenado a cinco anos de prisão pelo crime de concussão — ato de um servidor público exigir para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.

No entendimento do magistrado, Withers, mesmo que "não ocupante de cargo público, sua ação ofendeu primados de interesse público e respeito às leis, pois exigiu vantagem indevida de assessor parlamentar em exercício no gabinete de sua companheira".

Fonte: CONJUR

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}